Vou tocar em mais um ponto interessante sobre o cenário Heavy Metal no Brasil – A atitude do público!

Nos shows de Heavy Metal hoje em dia no Brasil temos um fenômeno interessante: Existem aqueles que estão pulando e balançando a cabeça, fazendo do show uma grande festa, e existem aqueles que estão de braço cruzado olhando atentamente pro palco e de repente um cutuca o amigo do lado e fala: O BATERA ERROU!

Esse pequeno exemplo acima mostra o nível de competitividade que algumas pessoas demonstram ao ir em um show. O que seria isso? Por que essa vontade de criticar ou invés de balançar a cabeça e se divertir???

Em um show de bandas cover, onde o fã está lá para ouvir os clássicos de sua banda favorita, é até compreensível um nível maior de exigência quanto ao material que está sendo apresentado. Afinal, por mais que a entrada pra uma banda cover seja 15 reais, e a de um show da banda original seja 150, estamos pagando para ver o show, ele tem que ser bom!

A exceção são os amigos da banda, que independente dos erros vão lá pra chacoalhar e fazer da noite uma grande festa!

Agora, no caso de uma banda de som próprio, quem são os críticos?

A maioria das pessoas que começa a ouvir Rock em geral gostaria de tocar um instrumento. O Heavy Metal é um estilo de muita atitude. Atitude essa que leva muitos jovens a aprender a tocar alguma coisa. A maioria das pessoas que está aprendendo a tocar gostaria de ter uma banda, subir em um palco, fazer a galera agitar…

… Somando todos esse fatores, conseguimos entender a “rivalidade” que surge! O garoto que está lá de braços cruzados e comenta sobre o erro do baterista, com certeza está aprendendo a tocar bateria e adoraria estar em cima do palco agitando aquela galera…. mas isso torna o show mais divertido para ele?

Por que uma pessoa iria em um show apenas para observar os erros de outra banda? Uma pessoa segura,  que acredita no valor da própria arte e habilidade musical não precisa ir em shows para se “certificar” de que outras bandas também erram!!!! Errar é humano, isso é fato, shows 100% perfeitos são raros, as bandas profissionais aprendem a contornar a maioria dos erros e torná-los imperceptíveis ao público, mas mesmo nos erros mais crachos, a platéia precisa ir contra o artista?

 Estamos falando de um caso típico de pessoa que não sabe se divertir. Já fui em vários churrascos de amigos onde o pessoal bebia a valer e subia para tocar, tudo saia errado, todo mundo ria e balançava a cabeça sem parar e no fim todos se divertiam!!! ISSO É ROCK N ROLL!!!

O público de Heavy Metal no Brasil precisa se espelhar nos grandes festivais da Europa e EUA – onde as pessoas se divertem. Amamos esse tipo de música, tanto a platéia quanto a banda que está lá em cima tocando… estamos todos juntos em uma celebração ao Metal Nacional!!! Temos que ir para os shows apenas para nos divertir!!

Assisti muito show de bandas em bares pequenos, eu tenho senso crítico o suficiente para saber se as músicas estão sendo bem executadas ou não… mas isso realmente não importa! Se eu saí da minha casa para ir em um bar com show, no mínimo eu vou curtir o bar, mesmo que a música não me agrade…. e se a banda estiver tocando músicas que eu gosto, eu vou cantar junto, aplaudir, balançar a cabeça… e isso é minha festa, estou lá para me divertir!

Apenas esse ponto eu gostaria de levantar:

– Quem está em um show apenas analisando e criticando tem que em primeiro lugar se colocar no lugar do músico que está lá em cima! Se essa pessoa acha que faria melhor, POR QUE NÃO VAI LÁ E FAZ????? E mesmo que o “Chato” realmente consiga fazer melhor, se não é ele em cima do palco naquela noite, por favor, que cale a boca e vá se divertir!!!

No fim das contas quem se diverte, o analista ou a pessoa que chacoalha a cabeça e canta as músicas, abre rodas e sai pingando suor do show??? Óbvio que quem fez a festa sai feliz…

Por tanto acho que a reflexão do Bruno em alguns posts anteriores volta a tona:

“Não é a banda que faz o show, é a platéia!”

Por mais perfeita que a banda esteja, se o público não está lá para se divertir ele NÃO VAI se divertir!

Claro que a banda tem seu percentual. Quanto melhor ela executar, mais presença de palco tiver e desenvoltura em entreter a platéia, mais facil será conquistar a platéia… se ela quiser ser conquistada!

 /|\

Anúncios